Ana Maria apoia mãe e cria espaço para bebê no trabalho

Ana Maria apoia mãe e cria espaço para bebê no trabalho

Quando a mulher engravida, fica aquela insegurança- e aí, como será que meus empregadores vão lidar com isso?
Para mim não foi diferente. Mas com a gravidez, veio um presente – minha chefe, Ana Maria Braga, abraçou a causa da minha maternidade e fez uma sala para que eu levasse minha filha ao escritório quando nascesse.

Quando retornei da licença, minha vida não poderia ter sido melhor. Eu levava minha filha comigo todos os dias no escritório. E assim, trabalhava e fazia algumas pausas para amamentar, dar comida e brincar com a Eva, sem aquela tremenda angústia da separação.
Continuava produtiva, feliz, e com um motivo a mais pra trabalhar.

Com o passar do tempo, a Eva cresceu. Aquele espaço ficou pequeno, e como a cuidadora dela também tinha filhos e pediu pra ficar um tempo em casa com eles, optei por coloca-la na escola.
Só que aí veio o aperto no coração. Eu, que não estava habituada a ficar longe dela, vi que não conseguiria conciliar maternidade com carreira, e, um tempo depois (depois de muitas manhãs de choro após deixar a pequena na escola), decidi que daria um tempo na carreira para ficar com a pequena de pouco mais de um ano.

Em casa, nossa vida foi ao outro extremo – a dedicação exclusiva ao filho, com a nova gravidez, me levou à exaustão.
Com a nova bebê, entrei em colapso.

Afinal, ficar em casa com as duas era o que eu realmente queria?

Sim e não.

Eu queria criar minhas filhas. E ao mesmo tempo, ter realização profissional. Mas voltar ao mercado de trabalho parecia impossível. Então, como conciliar a rotina de mãe com a de profissional?

O tempo passou e esta dúvida ainda martelava na minha cabeça.
Deste anseio em resolver esta questão, nasceu o Mãe At Work. Um projeto que visa dar voz às mulheres para que elas contem como conseguem conciliar carreira e filhos. Ou como é abrir mão de uma coisa ou de outra. A pergunta principal é – se estão felizes com as escolhas que fizeram.

Porque é tão difícil conciliar? Falta um olhar cuidadoso das empresas? Falta empregadores que abracem esta questão?
Podemos lutar por isso? Questionar os modelos vigentes de trabalho?

Este debate, profundo, vai ser o tema central do nosso site, que hoje conta com a importante parceria da Ana Maria Braga. Nossa amiga – madrinha do projeto – que foi tão cuidadosa com a minha maternidade, trazendo uma solução que eu jamais teria colocado em pauta – que foi criar um espaço para a convivência da bebê com sua mãe.

Conte sua história, e conte conosco!

Cinthia Dalpino, jornalista, escritora, mãe da Eva e da Aurora

2 comments

Leave a Reply to Kristal Metello Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *