Sobre deixar de fazer coisas por medo de ser criticado

Sobre deixar de fazer coisas por medo de ser criticado

Atire a primeira pedra a mãe que nunca recebeu críticas. E a que nunca errou, também.

Criar filhos tem sido desafiador atualmente, principalmente porque, além de ter que tomar decisões importantes diariamente, temos que prestar contas sobre as decisões que tomamos.
E é muito mais difícil ter que explicar aos outros o porquê das decisões do que tomá-las.
Principalmente porque a maioria das pessoas não quer simplesmente entender nossos porquês. As pessoas querem nos convencer de suas opiniões.

E é um perigo quando deixamos que ‘os outros’ exerçam esse tipo de influência na nossa vida. Porque perdemos a capacidade de decidir o que é melhor para os nossos filhos, e passamos a terceirizar essa decisão. Passamos a ouvir demais o que todo mundo acha e não confiamos mais no nosso próprio instinto.

Desde que me tornei mãe tenho notado que os desafios são grandes o bastante para que tenhamos forças para enfrentá-los sozinhas. Mesmo assim, muitas vezes acabamos saindo de cena para não precisarmos dar satisfações sobre os caminhos que escolhemos. Por mais que tenhamos segurança de que escolhemos o melhor caminho.
Não parece contraditório?

O que eu diria para as mães, e famílias é que é libertador quando fazemos aquilo que acreditamos, mesmo que todo mundo queira nos convencer do contrário, ou discorde da nossa decisão. Porque o acerto de contas é na sua cama, com seu travesseiro, com sua própria consciência e seu coração, que te cobram o tempo todo do que pode e deve ser feito.

Deixar de percorrer caminhos por causa de críticas que podem surgir é como não comer sua comida favorita com medo de engordar. Não faz o menor sentido e depois você acaba se arrependendo de ter deixado de fazer aquilo que queria.

One comment

Leave a Reply to Laura Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *